(41) 3501-8078

(41) 99604-3796

Blog

Interferência dos hormônios na saúde bucal da mulher

Compartilhe esse post

As mudanças causadas no corpo das mulheres por conta dos hormônios vão além de espinhas, alteração no peso ou humor e podem afetar, inclusive, a saúde bucal delas.

Na gravidez e na menopausa, por exemplo, é comum que as mulheres tenham mais propensão à gengivite, pois a gengiva delas fica mais sensível. Por esse motivo, é recomendado um cuidado maior com a higiene bucal nestes períodos para evitar problemas mais graves em decorrência da gengivite.

Na menopausa também há incapacidade de produção do hormônio feminino chamado estrogênio, que pode causar a baixa produção de saliva, uma proteção para a boca. A falta de saliva deixa a boca mais ácida, podendo causar mais cáries, problemas de gengiva e o agravamento de doenças periodontais. E com a quantidade de saliva em baixa, também pode ocorrer a Síndrome da Boca Seca, que dificulta a mastigação e o movimento de engolir os alimentos. Não sendo diagnosticada logo no início, essa síndrome pode causar perda dos dentes, mau hálito, feridas, fissuras e rouquidão.

O efeito contrário também pode ocorrer. Quando a mulher possui alguns sintomas de instabilidade bucais como respiração pela boca, cárie, boca seca, periodontite e ardência bucal, esses problemas podem agravar os sintomas do período pré-menstrual, como cefaleia, desânimo, irritabilidade, depressão flutuante, fadiga e indisposição. Então já sabe: a saúde da boca estar bem cuidada é sinônimo da saúde da mulher também estar! Consulte o seu dentista regularmente.

Tags

  • #saudedamulher #mestruacao #cefaleia #bocaseca #depressao #depressão #mulher #mulheres #premenstrual #mestruação #carie #periodontite #respiracao #desanimo #irritabilidade #fadiga #indisposicao #saudebucal #odontolgia #odontologo #odonto #odontologiacuritiba

Comentários

Compartilhe esse post

Entre em Contato Conosco