(41) 3501-8078

(41) 99604-3796

Blog

Odontologia Estética

Compartilhe esse post

Atualmente examinamos os dentes dos pacientes com câmeras de vídeo intra-orais, detectando cáries iniciais ou que não são percebidas ao exame clínico convencional. Depois de detectadas, as cáries iniciais podem ser tratadas com auxílio de lentes de aproximação microscópicas e instrumentos adequados à odontologia "microinvasiva", promovendo a preservação dos tecidos dentais.

Além de todas essas técnicas já conhecidas, pesquisas recentes trouxeram ao mercado brasileiro um novo tratamento micro-invasivo para cáries iniciais e localizadas entre os dentes. Seu objetivo é preencher com uma resina os poros do esmalte dos dentes afetados pela cárie, impedindo a progressão da lesão cariosa, sem anestesia e sem a necessidade de desgaste com brocas, preservando toda estrutura dental. Para a fluorose (manchas brancas em 2 ou mais dentes) o tratamento com essa nova técnica também é indicado, sem o uso de brocas nem anestesia.

Antigamente as restaurações eram feitas com amalgama (mistura de mercúrio com prata), um material que para ser aplicado era necessária remoção de grande parte da estrutura dental saudável. Hoje, além de não serem tóxicas, as resinas podem restaurar um dente cariado com pouquíssima remoção dos tecidos saudáveis, com a vantagem de ficarem aderidas aos dentes, impedindo uma nova infiltração.

Comentários

Compartilhe esse post

Entre em Contato Conosco